O projeto gigantesco de um país: O que é necessário para obter recursos para populações distantes em Bangladesh

Como a Xerox ajudou o governo de Bangladesh a capturar, armazenar e analisar dados da população para que o país pudesse prestar serviços sociais de maneira mais eficaz a quem precisa.

Bangladesh é um dos 10 países mais populosos do mundo. Nos últimos anos, o país passou por um tremendo crescimento econômico, alimentado em parte pela adoção de novas tecnologias. Como resultado, a vida para milhões em Bangladesh está sendo transformada conforme o governo estabelece a Visão Digital de Bangladesh até 2021, uma iniciativa para aumentar o uso da tecnologia em todo o país. Um componente-chave de Bangladesh Digital foi um projeto de censo em larga escala, o Banco Nacional de Dados, que a Xerox e seu parceiro local, IOE (Bangladesh) Ltd., ajudaram a realizar.

A Xerox e o IOE foram contratados para criar o Banco Nacional de Dados. No centro do projeto, estava a pergunta: Como podemos capturar, armazenar e gerenciar informações em grande escala?

Juntos, Xerox, IOE e BBS coletaram informações sobre a população de Bangladesh de mais de 160 milhões de pessoas para determinar quem tem acesso a necessidades básicas, incluindo eletricidade, água encanada e móveis. O governo, com o apoio do financiamento do Banco Mundial, pode usar o Banco Nacional de Dados, para determinar quem precisa dos programas de segurança pública do país e maneiras de fornecer os serviços de benefícios certos para sua população.

“O governo de Bangladesh nos pediu para criar uma pesquisa que fosse enviada a todas as famílias do país com perguntas sobre as condições de vida”, disse Dave Nesbitt, Líder Global da Xerox, Serviços de Conteúdo e Captura. “O requisito era elaborar um questionário que os cidadãos de Bangladesh pudessem preencher da sua porta, para que a Xerox pudesse digitalizar essas informações e desenvolver um banco de dados que o Bureau of Statistics pudesse usar para seus programas sociais.” Embora este tenha sido o primeiro projeto que a Xerox entregou em Bangladesh, a Xerox possui um histórico de sucesso trabalhando com agências governamentais em vários continentes.

Ao longo de 18 meses, mais de 350 pessoas da Xerox, do IOE e BBS, operando em turnos, trabalharam no projeto. Os coletores de dados do censo foram de porta em porta com questionários em papel – 45 milhões de questionários foram impressos e aproximadamente 37,5 milhões foram preenchidos. “Como Bangladesh é um país em desenvolvimento, o objetivo do governo foi obter mais informações sobre as necessidades básicas (como características da propriedade, propriedade dos bens e detalhes de membros da família) disponíveis nas residências dos cidadãos”, diz Nesbitt.

As informações coletadas eram altamente sensíveis; portanto, toda a operação de digitalização ocorreu no centro de produção da BBS. Depois que os documentos foram digitalizados, o sistema de gerenciamento de conteúdo Xerox® DocuShare® foi usado para fazer upload das imagens do questionário em um banco de dados virtual onde as informações poderiam ser organizadas, medidas e armazenadas com segurança. Dado o grande volume de documentos processados, a Xerox também adicionou uma ferramenta de rastreamento no documento para monitorar o processo geral de produção. Antes deste censo de 2017-2018, os dados do censo de Bangladesh eram armazenados em formato físico pelo BBS.

A precisão foi fundamental para o projeto. Todos os dados do campo precisavam ser validados com base nas APIs dos bancos de dados de ID nacional e registro de nascimentos de Bangladesh. A tecnologia precisava ser personalizada. A Xerox desenvolveu um dicionário para fornecer a transliteração dos nomes escritos em inglês para Bangla.

No total, 76 milhões de imagens de documentos foram processadas. “Ficamos impressionados com a capacidade da Xerox de oferecer um programa dessa escala gigantesca, bem como seu conhecimento técnico, impressionante compreensão dos processos e lições que trouxe para projetos futuros”, escreveu Mohammed Shafiul Alam, diretor de projetos (Secretário Adicional), Bangladesh Bureau of Statistics.

 

Partilhe: